Posted on

O nosso guia de compras para escolher o melhor computador portátil com ecrã táctil

Numa altura em que a tecnologia está a sofrer um desenvolvimento notável, a família dos portáteis está a tornar-se cada vez mais diversificada. Enquanto algumas pessoas preferem usar um portátil convencional, outras têm uma propensão para modelos tácteis. Os modelos sensíveis ao toque são mais fáceis de utilizar e têm sido populares entre muitos consumidores nos últimos anos. No entanto, fazer a escolha certa pode ser uma verdadeira dor de cabeça, especialmente se não souber nada sobre computadores. Que critérios ou parâmetros deve ter em conta ao escolher um computador portátil com ecrã táctil que melhor se adeqúe ao seu perfil?

Critérios de selecção: Como se escolhe o melhor computador portátil com ecrã táctil?

A escolha do melhor modelo de portátil com ecrã táctil é explicitamente uma questão de verificar as características técnicas da máquina. Desde a potência do processador até às ligações passando a capacidade das várias memórias, os pontos abaixo mencionados poderiam ajudá-lo a fazer a boa escolha.

A placa-mãe (MotherBiard)

Considerada como sendo a obra-prima ou o cérebro de um computador, a placa mãe liga todos os outros elementos que fazem o computador funcionar. Concretamente, o seu papel é processar todos os dados do PC em cumplicidade com o processador. Composto por vários elementos, incluindo a tomada, centraliza o suporte de RAM. A sua escolha depende não só do chipset e da tomada do processador, mas também da utilização que fará do seu novo PC.

Para uso básico, é aconselhável escolher uma placa mãe de nível básico. Tal placa-mãe deve permitir-lhe comunicar com os seus amigos, introduzir textos, trocar e-mails, ligar à Internet, e assim por diante. As placas-mãe de gama média estão mais difundidas do que outras, e têm a vantagem de serem compatíveis com todos os tipos de configurações. Quanto às placas-mãe topo de gama, são conhecidas por oferecerem opções de software e hardware tais como overclocking, PCI-Express, e assim por diante.

Quanto ao formato das placas-mãe, encontramos o formato mini-ITX adaptado aos mini PCs tácteis e o formato micro-ATX compatível com uma configuração de escritório e multimédia.

O processador

O processador é o que é um motor para uma motocicleta ou veículo. Sendo o coração do seu portátil, é o processador que faz os cálculos e assegura a velocidade óptima do dispositivo. Dependendo de como se pretende utilizá-lo, o processador varia de uma categoria para outra.

Se quiser utilizar a sua máquina diariamente, recomenda-se que escolha um processador AMD, Intel Core i3 ou Intel Celerion. Um processador nesta categoria deve ajudá-lo a realizar tarefas comuns ou aquelas que não sejam demasiado pesadas. No entanto, se precisar de um portátil táctil para trabalhar com ficheiros digitais, precisará de um Intel Core i5 ou i7.

Os jogadores, por outro lado, devem optar por um computador com um processador Intel Core i7 em combinação com uma boa placa gráfica e pelo menos 8 GB de RAM.

RAM – memória de acesso aleatório

Para além da placa mãe e do processador, a velocidade a que o seu futuro portátil será capaz de executar comandos também depende da capacidade da RAM. Não confundir com a memória interna, a RAM torna possível disponibilizar ao PC todas as aplicações ou dados essenciais ao seu funcionamento.

No interior do dispositivo, a RAM é uma pequena ponte entre o disco rígido e o processador. Quanto maior for a sua capacidade, tanto melhor permitirá ao computador processar os dados a que terá acesso.

A maioria dos computadores portáteis tem pelo menos 4 GB de RAM. Esta capacidade é mais do que suficiente para uso familiar e menos complexa. No entanto, se quiser tirar o máximo partido do seu PC e tirar o máximo partido da sua velocidade, é melhor ter pelo menos 8GB de RAM. Note-se que os computadores portáteis com 16, 32 ou 40 GB de RAM estão disponíveis no mercado. Cabe-lhe a si escolher o modelo que melhor se adequa ao seu perfil.

A placa gráfica

Para aqueles que não têm conhecimentos informáticos, a placa gráfica nada mais é do que a interface entre o ecrã do seu computador e os dados. A sua função é exibir a tabela de execução no ecrã. Para além de processar filtros para fotos, a placa gráfica é também responsável pelo cálculo 3D em jogos de vídeo.

Na maioria dos casos, existem dois tipos de placas gráficas: placas gráficas dedicadas e placas gráficas integradas na placa-mãe. Para uso padrão, recomenda-se a escolha de uma placa gráfica dedicada.

Para os entusiastas de jogos de vídeo, o ideal seria uma placa gráfica com memória de vídeo. Obviamente, isto permitir-lhe-á desfrutar da fluidez das imagens. Para informação, é aconselhável verificar a capacidade da memória integrada da placa gráfica quando comprar o seu PC. Em caso de dúvida, a opinião de um perito seria apropriada.

Armazenamento – disco rígido

Outro elemento crucial na escolha do seu PC de toque. O disco rígido ou memória interna é o elemento que é utilizado para armazenar todos os seus ficheiros, dados, software e aplicações. A sua capacidade varia de modelo para modelo e é expressa em GB (gigabyte) ou TB (terrabyte). A escolha do disco rígido será explicitamente baseada nas suas necessidades e utilização diária. Seja qual for o caso, o ideal seria escolher um disco rígido que seja simultaneamente rápido e grande no espaço de armazenamento.

Existem geralmente dois tipos de discos de armazenamento no mercado: discos rígidos mecânicos (HDD) e discos rígidos SSD. Para uso padrão, um disco rígido SDD de pelo menos 500 GB seria suficiente. Esta capacidade deverá de facto permitir-lhe armazenar a maioria dos seus documentos e ficheiros, incluindo as aplicações do sistema. Quanto à sua velocidade de rotação, opte por um disco rígido que funcione pelo menos 7.200 por minuto.

Qualidade de toque

A qualidade de toque do seu PC depende da resolução do ecrã e da tecnologia de visualização. Quanto maior for a resolução, melhor ou mesmo excelente a qualidade da imagem. Como resultado, o toque será mais suave e mais acessível. Por outras palavras, desfrutará do melhor conforto visual possível.

A tecnologia de visualização consiste em três elementos: VA (Vertical Alignment), IPS (In-Plane Switching) e TN (Twisted Nematic). Naturalmente, cada elemento tem as suas próprias características específicas. A vantagem do IPS é que oferece uma qualidade de imagem nítida e, portanto, um toque mais ergonómico. A tecnologia TN oferece melhores tempos de resposta. Finalmente, a tecnologia VA permite-lhe desfrutar de contrastes mais elevados.

Para os gamers, a tecnologia TN é a melhor escolha. No entanto, para uso em escritório, recomenda-se a tecnologia de visualização IPS.

Autonomia

A duração da bateria do seu PC de toque depende em parte da capacidade da bateria, que é expressa em watt-hora. Depende também do tipo de utilização e do consumo de energia de todo o equipamento. Para um computador ultraportátil, a autonomia pode atingir uma dúzia de horas.

Se quiser utilizar o seu computador para fins profissionais ou de escritório, deve procurar uma bateria com uma duração de pelo menos 10 horas. Para aqueles que desejam contentar-se com o multimédia, uma autonomia de 5 a 10 horas seria apropriada. Para precisão, devem ser evitados os PCs que não duram mais de 2 horas.

Tamanho do ecrã

Também chamada diagonal, o tamanho de um computador é expresso em polegadas. Tipicamente, para computadores tácteis, o tamanho do ecrã situa-se entre 10 e 14 polegadas. Isto terá obviamente uma influência no preço de compra e no peso do dispositivo. A escolha do tamanho depende em parte das suas necessidades e, acima de tudo, das suas exigências.

Para aqueles que gostariam simplesmente de utilizar o seu computador para verificar e-mails, ler e-books ou navegar em redes sociais, um ecrã de 10″ seria mais do que suficiente. O inconveniente neste caso é que terá menos visibilidade, o que não o impedirá de trabalhar correctamente. Tenha em mente que com um computador com ecrã táctil deste tamanho, terá menos espaço de armazenamento e menos funcionalidades como ligações externas, por exemplo.

Para uma utilização mais avançada, é melhor utilizar um ecrã táctil maior. Este tamanho permitir-lhe-á o acesso a um teclado completo e a todos os dispositivos de conectividade. No entanto, deve esperar um peso mais elevado.

Conclusão

Com base nos vários critérios abaixo, provavelmente sabe agora como escolher um portátil com ecrã táctil de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *